7 dicas para vender bem no Natal em meio à pandemia

7 dicas para vender bem no Natal em meio à pandemia

7 dicas para vender bem no Natal em meio à pandemia

Comércios físicos estão mais vulneráveis, e por isso, Zettle levantou alguns pontos para ajudar pequenos empreendedores a terem um bom desempenho

São Paulo, dezembro de 2020 – Com um final de ano atípico, o varejo está aprendendo a cada dia como lidar com o novo comportamento do consumidor, buscando compreender seus hábitos atuais de compra e adaptar suas estratégias. Para ajudar especialmente os pequenos empreendedores, a Zettle, fintech sueca de gestão e meios de pagamento, levantou uma série de dicas para ajudar neste momento. É importante destacar que, mesmo em um momento delicado, um estudo realizado pela Visa apontou que 89% dos brasileiros pretendem presentear no Natal, dentre os quais 58% pretendem comprar em comércios de bairro, sejam eles online ou físicos, o que demonstra uma oportunidade para esse tipo de estabelecimento.

Veja algumas estratégias apontadas pelos especialistas da Zettle:

1) Se ainda não tiver, crie um canal de atendimento digital 

Em tempos de distanciamento, é crucial ter um canal exclusivo digital para que seus clientes estejam sempre informados. E não precisa de um grande investimento: dá pra fazer tudo do celular. Uma saída aqui é criar listas de transmissão no Whatsapp Business  ou Telegram, pelas quais você pode anunciar promoções, chegada de produtos e até mesmo criar listas de espera, proporcionando um atendimento que faça com que seu cliente se sinta especial. 

2) Se aproxime dos seus clientes

Você tem clientes com mobilidade reduzida ou que são do grupo de risco? Aqui é uma oportunidade para conquistá-lo de vez e demonstrar empatia. Se aproxime, ofereça entregar em casa, pergunte do que ele precisa, estabeleça boas condições de frete. Uma boa dica é perguntar se o seu cliente tem uma lista de compras e pedir para que ele compartilhe com você. Assim, você pode selecionar os produtos, dar um desconto especial ou oferecer embalagem para presente. Com certeza ele irá se lembrar desse cuidado.

3) Organize seus produtos e o estoque

Faça um inventário e controle todo o estoque criando uma base de dados. É importante ter informações como nome do produto, variação (se tem várias cores, tamanhos, sabores, etc.), preço, unidades de medida (em gramas, metros), e claro, quantidade do produto. Uma organização como essa vai te salvar preciosas horas no momento de contabilizar as vendas e o estoque! Assim, você não se assusta com a surpresa de um produto acabando e seus clientes precisando. É importante ficar sempre de olho no sistema, assim você consegue analisar quais produtos têm mais saída e precisam ser repostos, além de criar promoções para vender os que estão parados. 

4) Gerencie a frente de caixa com atenção

A organização do sistema PDV é item essencial para fazer um atendimento rápido e finalizar as compras com rapidez e praticidade. As funções desse sistema incluem o registro dos produtos à venda com o valor, cálculo do total da compra e de troco, com possibilidade de ligação ao pagamento com cartão de débito e crédito, além da integração com o controle de estoque e função de preço de custo, onde o merchant descobre quanto está lucrando em cada venda.  Com o sistema de frente de caixa instalado, o atendimento fica mais rápido e o pagamento mais seguro, acertando nos cálculos de troco e evitando prejuízos no caixa. Ele ainda ajuda a promover a satisfação do cliente, principalmente ao aceitar mais de uma forma de pagamento. Um exemplo interessante é o pagamento em cartão de crédito parcelado, o que estimula os clientes a comprar mais produtos considerando dividir seu valor. 

5) Mantenha a equipe de vendas atualizada

Se você tem uma equipe de vendedores, eles também podem ter acesso aos dados das próprias vendas que fizeram. Claro que será um acesso restrito, mas ainda assim muito importante para que o time se motive a vender mais, mostrando claramente números de produtos vendidos e valores que entraram no caixa. Assim, todos ficam cientes sobre as metas e podem buscar soluções para cumpri-las a tempo. 

6) Crie kits promocionais

Independente do seu setor, criar kits promocionais é sempre uma boa ideia. Ofereça descontos na compra de combos ou una produtos que as pessoas normalmente costumam comprar juntos. É legal produzir uma cesta de Natal personalizada, ou um kit de produtos de beleza para o verão, por exemplo. Não se esqueça de disponibilizar embalagens para que seus clientes possam comprar tudo o que precisam em um só lugar. 

7) Instale um sistema para te ajudar

Nada como estar com a casa arrumada, não é mesmo? Em momentos de grande volume de vendas, como o final do ano, é essencial ter o controle de estoque, gestão financeira e a organização do negócio toda centralizada. Existem sistemas gratuitos de gestão que podem te ajudar a integrar os processos e permitir que você foque exclusivamente no sucesso das vendas. Em pequenos negócios, é comum que o empreendedor faça toda a gestão do negócio e ainda o atendimento ao cliente. A Zettle oferece um sistema gratuito com ferramentas que vão desde o cadastro de produtos,  funções que permitem agrupar produtos para criar kits e facilitando a aplicação de descontos,  até o acompanhamento das vendas com relatórios automáticos, o que pode ajudar muito no dia a dia. O empreendedor pode acessar o sistema de qualquer lugar, sendo necessário apenas o acesso ao aplicativo por meio de um smartphone ou tablet (Android e iOS) ou mesmo pela web, no portal my.zettle.com.